Olá.

Bem-vindos ao nosso blog, estamos cheios de novidades frescas para lhe apresentar. 

 Como escolher os óculos para o seu filho no regresso às aulas?

Como escolher os óculos para o seu filho no regresso às aulas?

    O regresso às aulas é sempre um momento de grande ansiedade tanto para as mães como para os filhos, por diferentes razões, claro! Os filhos preocupam-se com a estética do material necessário para o ano letivo . Os pais preocupam-se mais com as questões ergonómicas, de segurança, conforto e utilidade em relação com o investimento que têm de fazer. Para além disso, reconhecem que a saúde visual tem uma grande importância na estimulação cerebral. Se o desenvolvimento das funções visuais não decorrer de forma adequada poderá desencadear-se uma situação de olho cansado (Ambliopia). No que diz respeito aos óculos estas questões são muito bem ponderadas e faz todo o sentido uma cuidada reflexão. Por tal, elaboramos uma lista de itens que devem ter em conta na hora da compra dos óculos para a sua criança.

1 - Consulte um optmometrista ou oftalmologista pois deve verificar se há necessidade de correção visual. 

2 –Na hora da escolha ,deve ter em conta se há um bom enquadramento da armação no rosto da sua criança, se a armação é leve e confortável. Deve fazer alguns exercícios com ela: 

•    Peça-lhe para sorrir e assim verificar se os óculos sobem com os movimentos do rosto. 

•    Certifique-se que a ponte ou as plaquetas dos óculos pousam de forma adequada na cana do nariz. 

•    Peça-lhe para olhar para o chão ou fazer movimentos um pouco mais bruscos lateralmente, abanando a cabeça.

3- O formato redondo da armação é sempre a melhor opção, pois o mundo que as crianças vêem é maior do que elas e se os óculos forem demasiado retangulares terão tendência a olhar por cima dos mesmos. Existem coleções de óculos de material em silicone, anti alérgico e com uma flexibilidade e conforto fantásticos. 

4- Analise as hastes. Estas têm de "abraçar a orelha". Não podem terminar logo, logo após a orelha nem muito depois. Não devem estar tão largas que deslizem com facilidade nem tão justas que promovam dor de cabeça. Lembre-se que as hastes que têm mola são mais flexíveis, logo, as mais tolerantes aos movimentos do rosto e cabeça.

5 - Alie a estética à funcionalidade, ao conforto e à resistência dos materiais. Exemplo: as lentes mais resistentes e leves são as de acrílico orgânicas ou de policarbonato.

img_nao.jpg

As lentes devem ser leves, confortáveis, seguras e resistentes: lentes concebidas a pensar especialmente nas crianças. Opte por Essilor Junior ou Ergolens Kids

Estas  lentes respondem às necessidades dos mais pequenos, porque proporcionam: Leveza:  materiais leves para conforto, de modo a não deixarem marcas no nariz das crianças; Protecção UV a 100%:  para protecção dos olhos sensíveis das crianças em relação às radiações UV nocivas, tanto aos UVA como aos UVB (385 nm).segurança:  executadas em matéria policarbonato possibilitam uma grande resistência aos choques, 12 vezes superior a uma lente orgânica n=1,5.;  Maior resistência aos riscos:  um tratamento para maior protecção aos riscos permite manter as lentes das crianças mais transparentes, por mais tempo.

6- As lentes são igualmente importantes e hoje deve optar por lentes com tratamento antirreflexo, pois já há tratamentos que mantem as lentes limpas mesmo com as “dedadas” de quem começa a utilizar os primeiros óculos.

Saiba quais os 6 alimentos que o vão ajudar a melhorar a sua visão no Outono

Saiba quais os 6 alimentos que o vão ajudar a melhorar a sua visão no Outono

Os cuidados que um professor(a) deve ter no regresso às aulas

Os cuidados que um professor(a) deve ter no regresso às aulas